Por TargetTrust em de de

11 Linguagens de Programação para garantir emprego SEMPRE

11 Linguagens de Programação para garantir emprego SEMPRE

IMPORTANTE: Este artigo é uma tradução do post original da Business Insider.

Quando uma organização procura por novos talentos da programação, eles buscam pessoas que estão familiarizadas com as linguagens de programação e sistemas que eles já utilizam e, na maioria das vezes, não querem arriscar novas linguagens de programação, como Google Go e Apple Swift.

Veja as linguagens de programação que você precisa aprender caso você deseje estar sempre empregado, sugeridas pelo  TIOBE index e Redmonk, rankings de linguagens de programação:

1. Java

Originalmente criada em 1991 como uma linguagem de programação para televisões. A linguagem da Oracle (organização) é considerada a mais popular no mundo – uma posição solidificada pelo fato do Java ser crucial para o desenvolvimento de aplicações Android e diversos sistemas e softwares em organizações.

Veja cursos presenciais de Java em Porto Alegre!

2. PHP

Esta linguagem de programação focada na criação de web sites e outras aplicações WEB é incrivelmente comum – alguns estimam que é utilizada por 1/3 de toda web. Grandes sites, como WordPress, Facebook e Yahoo utilizam PHP como linguagem de programação padrão.

Entretanto, existem diversos programadores que detestam o PHP. O fundador da Stack Exchange, Jeff Atwood, uma vez escreveu

“PHP isn’t so much a language as a random collection of arbitrary stuff, a virtual explosion at the keyword and function factory.”

Em outras palavras, ele quis dizer que o PHP não pode ser considerado uma linguagem de programação, pela sua característica em disponibilizar uma grande quantidade de funções pré desenvolvidas para facilitar a codificação por parte do desenvolvedor. Enfim, é uma crítica, todas as linguagens possuem fãs e críticos.

3. Perl

Desenvolvida originalmente por um engenheiro da NASA, no final dos anos 80. A linguagem Perl é excelente para processar texto e muitos desenvolvedores a adoram pelo seu poder e flexibilidade.

Já chegou a ser declarada como “the duct tape of the web (A fita adesiva da web)”, por ser uma linguagem de programação excelente em manter/ reparar websites, contudo, não é considerada uma linguagem elegante para se trabalhar…

4. C

Uma das linguagens de programação mais antigas ainda sendo utilizada em larga escala, C foi originada no inicio dos anos 70. Em 1978, o manual de 800 páginas da legendária linguagem C, intitulado de “The C Programming Language (A linguagem de programação C)” foi lançado pela primeira vez (veja abaixo).

5. Objective-C

A linguagem de programação C, a original, foi tão influente e inspiradora que originou muitas outras sucessoras com nomes similares. Todas (C++,C#, Objective-C…) inspiradas na original, mas acrescentando novas funcionalidades. O Objective-C é um caso.

A Objective-C cresceu em popularidade por ser a linguagem standard (padrão) para o desenvolvimento de aplicações mobile para iPhone (iOS). Apesar da Apple estar empurrando os desenvolvedores para a sua nova linguagem de programação, Swift, o Objective-C permanece forte.

Veja também, onde fazer cursos para aprender sobre desenvolvimento iOS.

6. JavaScript

JavaScript é uma linguagem de programação extremamente popular e utilizada prioritariamente em aplicações web. Apesar do nome, o JavaScript não possui relações diretas com a linguagem de Programação Java, da Oracle. O JS (JavaScript) roda na maioria das aplicações Web, mas também recebe muita oposição por retardar navegadores e, em alguns casos, expor usuários a vulnerabilidades de segurança.

Curso de HTML, CSS e JavaScript em Porto Alegre/RS

7. Visual Basic

Visual Basic, a linguagem de programação da Microsoft (e sua sucessora, a Visual Basic .NET) tentam transformar o ato de programar mais fácil, através de um elemento gráfico que possibilita utilizar funções de “clicar e arrastar” em partes de um programa.

É uma linguagem antiga e alguns ainda comentam que o VB carece de funções comparando-se com outras linguagens. Entretanto, graças a curadoria da Microsoft, ainda possui muitos usuários.

8. Ruby

Como Python (próxima linguagem de programação deste ranking), desenvolveres gostam desta jovem linguagem pelo fato de ser extremamente fácil de ler e escrever códigos. Além do Ruby, o Rails (Ruby on Rails ou RoR) também é muito popular, o framework que simplifica a utilização do Ruby e, por consequência, a criação de aplicações Web.

O lema oficial da linguagem é “O melhor amigo do programador”.

9. Python

Esta linguagem de programação tem origem em 1989 e é amada pelos seus fãs e pelo seu código altamente legível. Muitos programadores sugerem que é a linguagem de programação mais fácil para se começar a programar.

10. CSS

Abreviatura para “Cascading Style Sheets,” CSS é uma “linguagem de programação” voltado ao design, formatação e layout de aplicações Web.

“CSS não é linguagem de programação!” Pois é, de fato não podemos considerar o CSS como uma linguagem de programação propriamente dita. Contudo, lembramos que este post é baseado no ranking da TIOBE index e Redmonk, instituições de referência no mercado de TI. Controvérsias a parte, veja um jogo desenvolvido com 100% de CSS e nada de JavaScript.

Curso de HTML, CSS e JavaScript em Porto Alegre/RS

11. R

Esta é a linguagem de programação favorita de estatísticos e qualquer um que faça análise de dados. Google e outras grandes organizações apoiam a linguagem R, pelo poder que dá a seus matemáticos e estatísticos.

« Voltar para o início do blog