Por TargetTrust em de de

Consultando Dados com SQL (Comando SELECT)

Consultando Dados com SQL (Comando SELECT)
Este post é voltado para àqueles que estão iniciando no mundo do Banco de Dados relacional, assim como, na linguagem SQL. Sendo assim, o foco é te ensinar um pouco do básico: a utilização do comando SELECT, para que serve e como fazer.

Comando SELECT

Para extrair dados a partir de um banco de dados você irá precisar utilizar comandos em SQL (structured query language), o SELECT, assim como é possível que precises restringir as colunas que serão exibidas. Neste texto, você conhecerá todos os comandos SQL necessários para executar estas ações, bem como, o uso de comandos plsql para executar comandos SQL.

A sintaxe básica da instrução de consulta em SQL é:

 A consulta busca dados de determinadas tabelas, como as exemplificadas abaixo:

Agora, veja um exemplo de instrução de consulta em SQL (modelo básico)

Comando básico:

Em sua forma mais simples, um comando SELECT deve incluir o seguinte:

  • Uma cláusula SELECT que especifica as colunas a serem exibidas.
  • Uma cláusula FROM que especifica as tabelas que possuem as colunas listadas na cláusula SELECT.

Na sintaxe:

  • SELECT: é uma lista de uma ou mais colunas.
  • Column: seleciona a coluna nomeada.
  • FROM table: especifica a tabela que contém as colunas.

Selecionando todas as Colunas

Selecionando todas as Colunas e todas as Linhas

Você pode exibir todas as colunas de dados de uma tabela colocando um asterisco (*) logo após a palavra chave SELECT. No exemplo acima, a tabela de ALUNOS possui três colunas: id_aluno, nome, email, dtcadastro.

Você também pode exibir todas as colunas da tabela listando-as depois da palavra chave SELECT. Por exemplo, o seguinte comando SQL, como no exemplo acima, também exibe todas as colunas e todas as linhas da tabela ALUNO:

Selecionando Colunas Específicas

Selecionando Colunas Específicas e todas as Linhas

Você pode usar o comando SELECT para exibir colunas específicas da tabela especificando os nomes das colunas, separados por vírgulas. O exemplo acima exibe todos os ids e nomes da tabela ALUNO.

Na cláusula SELECT, especifique as colunas que você quer ver, na ordem na qual você quer que elas sejam mostradas. Por exemplo, para exibir nome antes do id do aluno, você utiliza o seguinte comando:

Padrões de Cabeçalho de Colunas

O comportamento dos cabeçalhos de colunas do select depende do fabricante. Normalmente o cabeçalho é o nome da coluna, mas ele pode ser maiúsculo, minúsculo, centralizado, alinhado a direita ou à esquerda. Ainda pode ser truncado para o tamanho da coluna ou não. Cabeçalhos de colunas tipo caracter e data podem ser truncados, enquanto cabeçalhos de colunas numéricas não podem ser truncados. Você pode substituir os cabeçalhos de colunas por um alias.

Definindo um Alias de Coluna

Para exibir o resultado de uma consulta, o SQL normalmente utiliza o nome da coluna selecionada como seu cabeçalho. Em muitos casos, este título pode não ser descritivo e conseqüentemente pode ser difícil de entender. Você pode mudar o cabeçalho de uma coluna utilizando um alias (apelido) de coluna.

Especifique o alias depois da coluna na lista da cláusula SELECT utilizando a palavra ‘AS’. O default de exibição dos cabeçalhos depende do fabricante do banco de dados. Se o alias possui espaços, caracteres especiais (como # ou $), ou deve diferenciar maiúsculas e minúsculas, coloque o alias entre aspas duplas (” “).

Utilizando Alias de Colunas

O exemplo exibe o nome de todos os alunos. Observe que a palavra chave AS foi utilizada antes do nome do alias da coluna.

Operador de Concatenação

Você pode unir colunas do tipo caractere (CHAR ou VARCHAR) para criar uma expressão de caracteres usando o operador de concatenação (concat). Colunas em qualquer lado do operador são combinadas para fazer uma única coluna de saída.

No exemplo, são concatenadas as colunas nome e email, sendo que o resultado recebe o alias de “Email”. Observe que o nome do aluno e o email são combinados obtendo-se uma única coluna de saída.

Linhas Duplicadas

A menos que você indique o contrário, o sql exibe os resultados de uma consulta sem eliminar as linhas duplicadas. O exemplo acima exibe todos os nomes de alunos a partir da tabela ALUNOS. Observe que os nomes dos alunos são repetidos.

Eliminando Linhas Duplicadas

 

Para eliminar linhas duplicadas do resultado da consulta, inclua a palavra chave DISTINCT imediatamente após a palavra SELECT.

Você pode especificar múltiplas colunas depois da palavra DISTINCT. O qualificador DISTINCT afeta todas as colunas selecionadas, e o resultado representa uma combinação distinta das colunas.

Expressões Aritméticas

Você pode precisar modificar a forma como os dados são exibidos, por exemplo, executando cálculos. Isto é possível através do uso de expressões aritméticas. Uma expressão aritmética pode conter nomes de colunas, valores numéricos constantes e os operadores aritméticos.

Utilizando Operadores Aritméticos

 

O exemplo acima utiliza o operador de divisão para calcular um desconto de 50% para todos os cursos e mostrar uma nova coluna preco/2 na tela.

Note que a coluna resultante preco/2 não é uma nova coluna da tabela CURSO, sendo utilizada somente na exibição.

Precedência dos Operadores

Se uma expressão aritmética possui mais de um operador, os de multiplicação e divisão são avaliados primeiro. Se os operadores dentro de uma expressão são da mesma prioridade, então a avaliação é feita da esquerda para direita.

Você pode usar parênteses para forçar a expressão colocada dentro deles a ser avaliada primeiro.

O exemplo acima exibe o nome do curso e o preço do curso aumentado em 100% + R$ 100,00. Observe que a multiplicação é executada antes da adição.

Nota: Use parênteses para reforçar a ordem padrão de precedência e melhorar a clareza do comando. Por exemplo, a expressão acima poderia ser escrita desta forma, sem mudança no resultado: (2*preco)+100.

Utilizando Parênteses

Você pode alterar as regras de precedência usando parênteses para especificar a ordem na qual devem ser executados os operadores. Devido ao uso dos parênteses, a adição recebe prioridade sobre a multiplicação.

Valores nulos em expressões aritméticas

Se o valor de alguma coluna em uma expressão aritmética é nulo, o resultado da expressão também é nulo. Por exemplo, se você tentar executar uma divisão por zero, você obtém um erro. Porém, se você divide um número por nulo, o resultado é nulo ou desconhecido.

Tags:

TargetTrust

Autor: TargetTrust

Escola de TI e negócios com mais de 20 anos de tradição em formar profissionais qualificados e preparados para o mercado de trabalho. São mais de 18 linhas de formação e mais de 40 cursos distintos!

4 Comments

Endel Neiva

Estou criando uma aplicação no Delphi XE e preciso mostrar em uma form os seguintes resoltados :

– nome do produto + Quantidade do mesmo em estoque + valor de venda + Tamanho do produto , porem estou iniciando em programação , e não sei como escrever o Algorítimo em SQL para que seja mostrado o acima citado . alguém pode me dar uma luz … Sei que Aqui não é fórum de ajuda mas , achei este site tão interessante que resolvi expor o meu problema aqui mesmo ….

Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« Voltar para o início do blog