Curso de Orientação a Objetos

Carga horária: 12h

Local: Porto Alegre / RS

Modalidade: Curso Presencial

Orientação a Objetos

Aprenda de uma vez por todas a usar o paradigma mais utilizado entre as linguagens de programação no mundo. O paradigma Orientado a Objetos (OO)! Conhecimento essencial para evoluir na carreira como desenvolvedor!

Com o curso de Orientação a Objetos, o aluno irá possuir o entendimento completo de como modelar e projetar sistemas voltados para linguagens Orientadas a Objetos. O modelo padrão de mercado para análise, projeto e programação de softwares.

Ao final do treinamento, o aluno irá entender de uma vez por todas o que é Orientação a Objetos! Com esse conhecimento, o profissional ganha um poderoso aliado na hora de desenvolver softwares cada vez melhores e mais eficazes! Veja abaixo mais detalhes, datas das próximas turmas e o conteúdo completo do curso.

PRÓXIMAS TURMAS

Não encontrou uma turma que deseja? Confira a agenda completa

  • 19/08/2017 a 26/08/2017 | Sábado Integral: 8:30 às 12:30 e 13:30 às 17:30 | Duração: 12h
  • 04/10/2017 a 06/10/2017 | Noite: 18:45 às 22:45 | Duração: 12h
  • 31/10/2017 a 03/11/2017 | Manhã: 8:30 às 12:30 | Duração: 12h
  • 06/01/2018 a 13/01/2018 | Sábado Integral: 8:30 às 12:30 e 13:30 às 17:30 | Duração: 12h
  • 10/01/2018 a 12/01/2018 | Noite: 18:45 às 22:45 | Duração: 12h
  • Confira a agenda completa
  • – Entender de uma vez por todas o que é o paradigma Orientado a Objetos e como aplicá-lo
    – Identificar classes e objetos
    – Conhecer o conceito de polimorfismo
    – Entender os conceitos de herança e abstração
    – Reconhecer e projetar interfaces
    – Modelar sistemas com os diagramas de “classes” e de “use case”

– Analistas de Sistemas
– Arquitetos de Sistemas e Projetistas
– Programadores e Desenvolvedores
– Web Developers e Web Managers

1. Introdução
– Histórico dos paradigmas e a análise
– Quando surge a orientação a objetos
– Algumas linguagens orientadas a objeto

2. Classes e Interfaces
– O que é uma classe
– Como identificar uma classe
– Alertas ao levantar classes
– O que deve ter a classe ideal
– Estrutura de uma classe
– Atributos
– Operações
– O que representam as interfaces

3. Objetos
– O que é um objeto
– Encapsulamento
– Tornando os atributos privados
– Tornando os atributos default/package
– Tornando os atributos protegidos
– Tornando os atributos públicos

4. Relacionamentos de Herança e Composição
– O mecanismo de Herança
– Herança múltipla
– Níveis de herança
– Classes abstratas
– Benefícios proporcionados pela herança
– Relacionamento de Composição

5. Polimorfismo
– O que é polimorfismo
– Sobrecarga – Overloading
– Sobrescrita – Overriding
– Benefícios proporcionados pelo polimorfismo
– Demais tipos de polimorfismo
– Exemplo aplicado à linguagem
– Polimorfismo com interfaces

6. Diagrama de Classes
– Introdução
– Perspectivas
– Criando Diagramas de Classe
– Compartimento do Nome da Classe
– Atributos
– Operações
– Relacionamentos
– Pacotes de classes e colaborações no sistema
– Pacotes
– Colaborações
– Quando Utilizar Diagramas de Pacotes e Colaborações
– Escopo
– Classes de Associação
– Associação Xor (ou exclusivo)
– Estereótipo
– Notas
– Interfaces e Classes Abstratas
– Objetos de Referência e Objetos de Valor
– Objetos de referência
– Objeto de Valor
– Coleções para Pontas de Associações de Valores Múltiplos
– Visibilidade
– Quando Utilizar Diagramas de Classes

Apêndice – Benefícios da Orientação a Objetos
– Vantagens da Orientação a objeto
– Reusabilidade
– Frameworks e Design Patterns
– Escalabilidade
– Encapsulamento
– Polimorfismo
– Herança
– Outros Benefícios da orientação a objetos
– Algumas desvantagens

  • Curso de Orientação a Objetos

    Ótimo curso! Instrutor possui excelente didática e apresenta domínio do assunto. Recomendado!

    Lucas Ruschel Rath – 01/02/2017

  • Curso de Orientação a Objetos

    Ótimo para “aprender a pensar” voltado para os negócios.

    Matheus Neutzling – 06/10/2016

  • Curso de Orientação a Objetos

    Com esse curso, encerrei a formação “Desenvolvedor – Primeiros Passos”. A primeira de muitas que farei na TT!

    Luciano Calvett – 17/06/2016