Por TargetTrust em de de

O que você precisa saber para ser um bom Desenvolvedor Front-End

O que você precisa saber para ser um bom Desenvolvedor Front-End

Por trás de qualquer tela, seja ela do tamanho que for, existem diversos dispositivos, rodando sistemas variados para oferecer as melhores experiências de navegação e consumo a usuários de perfis e idades diversos. Quem organiza informações de diferentes áreas para oferecer experiências fluidas e bem sucedidas aos públicos é o Desenvolvedor Front-End.

Você já havia parado para pensar nisso tudo?

Também conhecido como Front-End Developer, o Desenvolvedor Front-End é um profissional muito valorizado no mercado de trabalho. Ele atua no desenvolvimento da parte visual da aplicação (aquela que fica visível para o usuário final), traduzindo da forma mais fiel possível todo o trabalho de criação elaborado pelo time de Design de Interfaces. Além disso o Desenvolvedor Front-End é responsável pela integração da UI (User Interface) implementada com a camada de Back-end da aplicação quando necessário.

O que faz um Desenvolvedor Front-End

O profissional é capaz de desenvolver o layout de produtos digitais (sites, intranets e aplicativos móveis / desktop), de modo a oferecer acesso fluido ao fluxo de informações organizado pelas equipes de Design, Back-End e Infraestrutura.

É cada vez mais comum que Desenvolvedores Front-End também se comuniquem com profissionais das áreas de Garantia da Qualidade (Quality Assurance – QA) e Comunicação e Marketing.
No caso de QA, é necessário assegurar que todo o sistema está funcionando perfeitamente, e a experiência oferecida aos usuários é a mais adequada. Para isso, cabe à equipe de QA realizar testes de qualidade.

Por sua vez, o contato com comunicadores e marketeiros ocorre para garantir que o conteúdo do site está otimizado para motores de busca (Search Engine Optimization – SEO), ou ainda para que a publicidade do produto desenvolvido seja realizada da maneira mais persuasiva, a fim de atingir os objetivos de negócios.

São atribuições do Desenvolvedor Front-End:

– Garantir usabilidade harmônica em diferentes dispositivos e sistemas (responsive design)

– Prezar pela performance

– Adequar com fidelidade o layout desenhado ao código produzido (pixel perfection)

O que o Desenvolvedor Front-End precisa saber

É essencial que o Desenvolvedor Front-End saiba linguagens bases como HTML, CSS e Javascript. Você aprende tudo isso em nossa Formação de Primeiros Passos. Clique aqui e assista à primeira aula gratuitamente.

Profissionais de nível avançado possuem mais chances de se destacar no mercado. Por consequência, também recebem salários mais altos. Para chegar ao nível avançado, é importante aprender o seguinte:

ReactJS: Biblioteca JavaScript de código aberto criada pelo Facebook visando a criação de componentes afim de ter um código mais genérico, reaproveitável e performático.
Saiba mais sobre o curso de React aqui.

Angular: Concorrente direto da React JS foi desenvolvida pelo Google e possui grande espaço no mercado.

NodeJS: mesmo sendo concebida inicialmente para Back-End a linguagem NodeJS baseia-se diretamente em ECMAScript/JavaScript e possibilita ao desenvolvedor Front-End automatizar processos de desenvolvimento e inclusão de dependencias no seu projeto, principalmente em aplicações com uso de React JS, por exemplo.

Bootstrap: Framework de UI com código-fonte aberto desenvolvido inicialmente pelo Twitter para o desenvolvimento rápido de interfaces web responsivas baseando-se em componentes e seletores pré-definidos.

SCSS / SASS: framework popular para escrita de CSS de forma mais prática, adicionando funcionalidades de script e reaproveitamento de regras no código CSS e tornando-o compatível com multiplos browsers de forma transparente.

Service Worker: É um script baseado em eventos executado em segundo plano por navegadores. Na prática, é um arquivo JavaScript que pode controlar as páginas do site ao qual ele está associado, interceptando e modificando requisições e a navegação em si.
Saiba mais sobre o curso de JS e CSS PRO aqui.

Testes automatizados: o uso de testes se torna cada vez mais comum no desenvolvimento de aplicações, inclusive na área de Front-End.
Saiba mais sobre a Formação de Testes de Software aqui.

LEIA TAMBÉM: As habilidades que o profissional de TI precisa desenvolver [2021]

Por ser um profissional que transita entre diversas áreas do conhecimento, é fundamental também estudar noções de design – englobando User Experience (UX) e User Interface (UI) – e práticas de SEO. Outro importante diferencial é conhecer ferramentas como Photoshop, Illustrator, Adobe XD e Sketch para transformar layout em código.

Oportunidades no mercado de trabalho e salários

Se você acompanha nosso blog já sabe que não faltam oportunidades de trabalho no Mercado de TI. Agora, vamos detalhar o quão valorizado é o Desenvolvedor Front-End no Brasil, separando a faixa salarial entre Estágio, Trainee, Júnior, Pleno e Sênior.

A média salarial entre todos os níveis é bastante atraente: varia entre R$ 2.000 e R$ 4.500, de acordo com o Guia de Profissões da plataforma Trampos.co. Por sua vez, os dados do site Vagas.com apontam que a média salarial é de R$ 3.036.

LEIA TAMBÉM: 11 Linguagens de Programação para garantir emprego SEMPRE

Guarde essas informações também se você deseja construir sua carreira como Desenvolvedor Front-End freelancer.

Ainda conforme o estudo, Desenvolvedor Front-End foi a função mais procurada pelas empresas em 2015. Confira a seguir a média salarial para cada cargo.

Estágio em Desenvolvimento Front-End: R$ 1.500/mês.

Após a contratação como estagiária/estagiário em Desenvolvimento Front-End, é interessante notar que não há um padrão na remuneração. Os valores podem variar conforme o Estado onde a empresa está localizada, o regime de contratação (CLT ou PJ) e o modelo de trabalho (presencial, remoto ou híbrido).

Desenvolvedor Front-End Júnior/Trainee: Considerando vagas atualmente em aberto no site Glassdoor, é possível estimar que o salário médio mensal é R$ 2.500.

Desenvolvedor Front-End Pleno: Também de acordo com o Glassdoor, a média atual é de R$ 5.234 por mês.

Desenvolvedor Front-End Sênior: O cargo de Sênior é outro que possui uma volatilidade incrível. É possível encontrar vagas entre R$ 6 mil e R$ 22 mil no Brasil. É fundamental considerar não apenas a demanda, mas também o tamanho da empresa contratante. Sendo assim, é seguro afirmar que a média salarial de Desenvolvedores Front-End Sênior é de R$ 14.000.

Destaque-se no mercado de TI

Conquiste os melhores salários no mercado de TI. Conheça cursos EAD da TargetTrust que irão qualificar sua carreira:

Formação JS Front-end Developer

Formação Testes de Software

Metodologias Ágeis

TargetTrust

Autor: TargetTrust

Escola de TI e negócios com mais de 25 anos de tradição em formar profissionais qualificados e preparados para o mercado de trabalho. Agora, com aulas EAD para o contínuo aprendizado de nossos alunos! :) #vempratt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POSTS RELACIONADOS

« Voltar para o início do blog